D2.04 - Lorena "Laranja"


 

Nota do site: Alguns anos atrás localizamos no Orkut a foto abaixo de um Lorena. Tentamos contato com a pessoa no Orkut, mas sem retorno.

Em setembro/2012 finalmente localizamos o Sr. Cláudio Blanes, proprietário do carro na época da foto, a quem solicitamos que confirmasse ser ele na foto e alguma coisa sobre o carro.

Depoimento de Cláudio Blanes

"Quanto ao cara no carro era eu sim. Meu primeiro carro esportivo, foi em 1975 eu tinha 20 anos. Foi interessante a compra. Havia ganho de meu pai um Fusca 0 KM por ter entrado na faculdade. Era vermelho e mandei pintar de amarelo, coloquei rodas de "Magnésio" e também pintei todo interior de preto fosco (foi latex mesmo rsrsrsr....).

Passando pela rua vi um sujeito dirigindo um carro esportivo que chamou a atenção. Reparei que era o mesmo carro que era fabricado na Rua Dr. Miranda de Azevedo (muito proxímo de minha casa) e que eu havia visto fazendo testes em uma avenida alí perto. Buzinei para o cara, e ele ao invés de parar... sai acelerando... Fui atrás até parar em um semáforo. Quando perguntei que carro era aquele, e se estava gostando, o dono disse que nem sabia qual era a marca. e estava querendo vender, pois era muito baixo e ele por ter quase 1,90 tinha dificuldade de dirigir.

Paramos em uma padaria e pedi para ver a maquina. O motor era 1.300, tinha rodas de ferro e o interior era branco (???). Pedi para deixar dar uma volta, e no fim do passeio fiz a proposta. Dava meu carro (quase 0 km) pelo dele, só queria tirar as rodas e o som. Fechamos negócio na hora, já passei o recibo assinado para ele (acredita naquela época a gente andava com todo o documento), e ele fez o mesmo. Tiramos o som e mudamos as rodas que tive de colocar adaptador pois o meu fusca era 4 furos e o dele 5.

Quando cheguei em casa a ficha caiu! O que eu ia falar para meu pai que era tão tradicional (!!!!). Disse para a mãe que tinha trocado o carro com um amigo, pois ele tinha que viajar em 4 pessoas e no esportivo só cabiam 2, mas mãe é mãe. Na hora ela perguntou se era meu, e falou que meu pai ficaria chateado, pois havia dado o presente não fazia nem 6 meses. Consegui esconder a compra do carro por 2 semanas, dizendo que o meu estava na oficina retocando a pintura, e que eu tinha pego emprestado a Lorena. Até que um dia ele disse: "Porque você não vende o Fusca e compra está "Merda", pois estou vendo que está gostando?". Era a deixa!!! Fiquei com o carro por mais 1 ano até que me mudei para Belem-Pa para abrir uma academia. Quando cheguei na cidade um filho de um fazendeiro viu o veículo e quis comprar. Vendi por 90.000,00 (não lembro qual era o dinheiro da época), mas com este valor poderia comprar 3 Fuscas 0 KM. Optei por um Dodge Dart 75 ...rsrsrsr... Só dava eu com aquele carro (pintei de preto Cadillac).

Em tempo: a Lorena eu chamava carinhosamente de "Submarino Amarelo", pois em dias de chuva eu me molhado todo dirigindo (andava até com capa de motoqueiro), mas foram meses felizes. É pena que a única foto que tenho é esta, que estou na Rodovia Raposo Tavares, aguardando um amigo que tinha uma Puma, e a gente curtia as curvas da estrada tirando rachas !!!!"


* * *